Bianca Mól, a Garota Desdobrável
Oh! Você por aqui?

Prazer, meu nome é Bianca Mól. Eu sou Ilustradora e Roteirista de sonho. Criadora de mundos. Videocontadora de histórias. Desdobrável.

Vivo sonhando acordada, mas onde moro, moro mesmo, é no Rio de Janeiro. Por aqui, me formei em Comunicação Social na UFRJ, e trabalho como roteirista em uma produtora, a Urca Filmes. Sempre curti escrever. Eu também sempre gostei de desenhar, mas foi só depois da universidade que descobri que este passatempo poderia virar algo mais. :)

O Garota Desdobrável surgiu como um blog, há um zilhão de anos, onde eu escrevia crônicas, falava sobre filmes e postava algumas tirinhas do Calvin e Haroldo. Tempos depois, se tornou um canal de desenhos... E histórias! Nos videocontos que publico no Youtube, me desdobro em roteirista, ilustradora, animadora, fotógrafa, narradora e editora. 

Hoje, além de contar contos fantásticos, também me aventuro em outras narrativas de mil tipos: livro, televisão, publicidade, web, quadro, colagem, tatuagem. Se dá pra viajar na imaginação, pode confiar: estarei lá. Aqui você pode espiar um tiquinho do que faço.

Todo o meu trabalho é artesanal. Adoro papéis, aquarelas, canetinhas, lápis, estiletes... Com eles, encontrei um jeito de me expressar e desbravar o mundo com muita poesia. Já falei que adoro poesia? Pois então: eu adoro. Mas não só a poesia da métrica, da rima, do verso romântico. Gosto de poesia como estilo de vida: enxergando beleza nos pormenores e colorindo o dia a dia com arte.

Foi daí, inclusive, que veio o nome Garota Desdobrável. Da poesia "Com licença poética", de Adélia Prado. Mas eu sei: nem só de letrinhas vive o homem. Isso merece uma nova seção.

Das aleatoriedades da vida:

Adoro astronomia. Sempre procuro filmes e séries que inspirem. Meu filme favorito (acho) é Big Fish, do Tim Burton (sou fã). Gosto muito dele, do Kubrick, do Miyazaki, do Jean-Pierre Jeunet. Talvez a banda que eu mais goste seja Beatles. Falar de música é um perigo, né? Se eu começo com David Bowie e Freddie Mercury não paro mais. Me divirto encontrando sons diferentes de outras culturas. Punk cigano, cumbia colombiana, rock sérvio. Vish. Mas algo que não abro mão é música clássica. Rapaz, música clássica me toca d'um jeito. Meu prato favorito é arroz à piamontese. Meu planeta favorito é Saturno. Eu sou tímida-extrovertida (mas tendo muito mais à timidez). Caseira toda vida. Videogames. Cachorros. Papelarias. Vintage. Noites. Estrelas. Gabriel García Márquez. Chihiro. O melhor super-herói é o Batman (depois da minha mãe). Pão de queijo, sorvete de chiclete, algodão doce azul, tutti-frutti. Azul esverdeado. Verde azulado. É isso? Bom, por enquanto, é isso.

(Sobem os créditos)

Quer trocar ideia? Ou acompanhar minhas novas desventuras? Uso bastante o Twitter, o Instagram e o Facebook. Tem também meu canal no Youtube e, claro, o bom e velho e-mail. Me mande um alô! Vou adorar.